Páginas

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011


Chega uma hora que você cansa, cansa de estar sempre ao lado de uma pessoa, oferecer o ombro para o choro, as palavras para o conforto, e não receber se quer a gratidão em troca, não só cansa como machuca.

(N. Martins)

Nenhum comentário: