Páginas

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Hoje acordei assustada, com o coração doendo e com uma necessidade absurda de você. Sentei na cama, agarrei aquele meu travesseiro, conselheiro, ombro que me acolhe nos meus momentos de fraqueza, quando o único alívio é chorar. Fiquei em silêncio, olhei pro lado, peguei o celular, olhei tua foto e revivi aquele maldito sonho que me deixou nesse estado. Olhei pra baixo e, mais uma vez, molhei o travesseiro com minhas lágrimas carregadas de dor, de amor, de saudade. Fiquei lembrando de cada detalhe seu, do seu corte de cabelo e do seu sotaque, lembrei do timbre da sua voz ao telefone e das suas risadas que me tiravam do sério. Lembrei do seu jeito ao tocar pra mim e daquele seu sorriso que me fazia rir e chorar quase sempre. Lembrei daquela briga que me fez ficar dias sem dormir e de quando você voltou a ser o meu vicio predileto. Lembrei dos ‘eu te amo’ que me faziam chorar desesperadamente e do seu poder de fazer meu coração acelerar, lembrei de como éramos próximos e de como você está longe, então meu coração sangrou.
Sangrou por sentir saudade do que éramos antes, na verdade, do que nunca fomos e nunca seremos. Sempre foi somente eu e esse meu amor gigante, que você nunca deu valor algum.
Isso é o que mais dói. Dói saber que enquanto eu necessito de você, você se esqueceu de mim, dói saber que enquanto eu beijo outros lábios, eu necessito desesperadamente tocar os seus lábios, sentir seu hálito tocar minha nuca, fazendo aquela corrente elétrica percorrer por mim e ser dominada pelos seus encantos. Dói saber que você entregou todo o seu amor a outro alguém, dói saber que você está feliz com outro alguém, não pelo fato de você estar feliz, mas sim, por você não estar feliz ao meu lado, dói acordar nas manhãs frias e ter que levantar e sair distribuindo sorrisos enquanto meu coração chora por ter você cada vez mais distante. E sabe o que dói mais? Não conseguir tirar você de mim, dói não conseguir sentir raiva de ti, nem por um segundo, pois no segundo seguinte eu estou te amando mais.


sábado, 17 de setembro de 2011



"Eu gostaria de lhe agradecer pelas inumeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou...
Pela sua capacidade de me olhar devagar, já que nessa vida muita gente já me olhou depressa demais ..."




(Pe. Fábio de Melo)

quarta-feira, 14 de setembro de 2011


Quantas vezes você seria capaz de tapar os olhos e perdoar novamente? Até que ponto essa limitação em seu ‘nunca mais’ vai passar a ser real? Se não é para dizer ‘eu te amo’ se não lhe interessa, porque então dizer nunca mais se amanhã volta a ser a mesma ? Porque apesar de tudo eu acabei vivendo, amando, aprendendo e sofrendo.
Ser forte é ver a pessoa amada com outra, e sorrir com os olhos cheios de lágrimas. A coisa mais difícil de se enfrentar é ver a pessoa que você ama , amar outra pessoa. É triste viver sem amor , é triste um amor ter fim. O mais cruel que você pode fazer é permitir que alguém se apaixone por você , quando você não pretende fazer o mesmo.
O que fazer quando a pessoa que te faz sofrer , é a unica que pode te fazer feliz?
Sei agora qual o meu destino, a morte das palavras, a morte dos sentimentos. Passarei apenas a partilhar as folhas de papel em branco com quem me acolher.
As coisas que eu faço me lembram você. E as roupas que uso ainda tem o seu cheiro. Em meu olhar brilha o desejo de estar sempre ao seu lado. Mas em cada desejo brilha a desilusão de estar sonhando acordada. Ontem foi um dia diferente, foi um dia oposto dos outros, tão normais comparados a esse. Foi um dia em que tudo acabou, o dia em que coloquei os sonhos, o amor na lata de lixo. Aonde foi parar o amor que você prometeu que seria pra sempre, mesmo que o sempre não exista?Aonde você está? Porque está assim, tão distante de mim?  Pois é, estou cheia de perguntas, mas tem algo que tenho e sempre terei certeza, o que senti e sinto por ti é muito mais do que amor, é algo indescritível, algo que você nunca sentiu por ninguém. Quando estamos felizes as coisas em nossa volta são sempre belas, mesmo que a realidade seja cruel. Quando estamos tristes, tudo parece nos atingir mais e o que antes não víamos, hoje é mais presente e doloroso, só sofrendo percebemos que o mundo não gira em torno de nós mesmos. Devo ter um sorriso materializando a falsa alegria, poucas coisas fazem a gente sorrir com a alma vazia. Hoje, mais um dia indo embora e eu me lembro a toda hora que não tenho mais você e agora,um vazio aqui no peito,eu sofrendo desse jeito, e querendo resolver.


quarta-feira, 7 de setembro de 2011


A lista de coisas pra te falar é extensa, mas a coragem anda em falta por agora. Talvez porque você não olhe mais na minha cara, ou talvez porque, todas as vezes que nos encontramos, tenho que segurar minhas lágrimas para não ser o centro das atenções, negativamente, é claro. Talvez minha coragem esteja em falta porque você disse que me amava, mas virou as costas quando achei que podia contar com você… ou pelo simples fato de eu ter pensado que você se importava, quando na verdade, eu era só mais um desses seus brinquedinhos, que quando você cansa, joga fora. Cansei dos seus jogos de palavras, e principalmente, de sentimentos. Cansei de ser seu brinquedo, sua garota temporária, aquela que você procura quando se sente sozinho. Simplesmente cansei de ser usada e jogada fora, de sofrer com suas mentiras. Me desculpe se não fui um bom brinquedo, se não me quer mais, coloque para adoção, quem sabe alguém cuide melhor. 
Clara Badia


segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Volteei!!

Aii amigos voltei hj, não tenho grandes novidades...não teve uma grande evolução...quer dizer só dele me convidar para ir na casa dele, depois de 3 anos já é grande coisa.
Mais para variar daquela boca não sai nada...mais ele foi um amor o tempo todo, parecei o agarradinho sempre atencioso comigo. Mais faltou aquilo que tanto queria ouvir "senti sua falta", "vamos tentar novamente?". Será que criei muita expectativa para primeira vez???!???!?!?!
Sei se vim embora com o coração na mão, com uma vontade imensa de largar  tudo e correr para o lado dele. Mais ele não falou nadaaa!! :(
E agora o que eu faço?!?!?!? 
Espero ou surto de vez...hauahauahauahauahauahuahauaha
Espero que algo bom aconteça e ele venha falar comigo!!
E tbm deu para matar a saudadee da familia dele que adorooooooooooooooooooooooooooooooo!!
Isso valeu muito a pena.


Beijão a tdoos!!!


Sabe o que é foda? Você se esforçar pra caralho pra ajudar algumas pessoas e elas sequer te darem a mão quando está caído.