Páginas

segunda-feira, 27 de setembro de 2010



Sinto falta de um ombro, de um abraço...um sorriso amigo, sincero, que não cobra de mim o sorriso de volta...Sinto falta do calor de gente, gente que me ame, mesmo eu não sendo aquilo toda essa gente queria que eu fosse...sinto falta de mim, de um "EU" mais forte, corajoso...de um "EU" q sempre estava disposto a ir a luta.... To caindo e sem escoras pra levantar...

Roberta Araújo


"Ela também teve seu coração machucado. Dilacerado, imagino. Normal.
Desse mal, meu bem, ninguém escapa.
Mas o bom disso tudo é que agora consigo abrir meu coração sem rodeios. Sim, amei sem limites.
Dei meu coração de bandeja.
Sim, sonhei com casinhas, jardins e filhos lindos correndo atrás de mim.
Mas tudo está bem agora, eu digo: agora.
Houve uma mudança de planos e eu me sinto incrivelmente leve e feliz. Descobri tantas coisas.
Tantas, Tantas. Existe tanta coisa mais importante nessa vida que sofrer por amor.
Que viver um amor. Tantos amigos. Tantos lugares. Tantas frases e livros e sentidos.
Tantas pessoas novas. Indo. Vindo. Tenho só um mundo pela frente. E olhe pra ele. Olhe o mundo!
É tão pequeno diante de tudo o que sinto. Sofrer dói. Dói e não é pouco.
Mas faz um bem danado depois que passa.
Descobri, ou melhor, aceitei: eu nunca vou esquecer o amor da minha vida. Nunca.
Mas agora, com sua licença. Não dá mais para ocupar o mesmo espaço.
Meu tempo não se mede em relógios. E a vida lá fora, me chama!"
Fernanda Mello

segunda-feira, 20 de setembro de 2010


"Nunca consegui enumerar todas as coisas que eu gostava e as que você me fazia sentir. Primeiro, porque eram muitas. Segundo, porque algumas não tinham nome. Éramos extremamente felizes porque acreditávamos no amor, porque de início não víamos nada de empecilho, não víamos distancias, sejam de idades ou sejam de cidades, nós apenas vivíamos aquele presente que a vida parecia nos dar. E quando começaram surgir os planos, os sonhos, e fomos dando nomes para eles, a dar local e datas, e eu, então, parecendo um foguete a voar pelo céu de felicidade, vi você se afastando, medroso, inseguro. Mas que direito tinha eu de te fazer estar comigo todos os dias de amanhã? Que direito tinha eu de amarrar tuas mãos com a minhas? Não precisavas ter medo, tu não tinhas que arranjar uma forma de fazer tudo acontecer, tua única obrigação era me fazer sonhar."

segunda-feira, 13 de setembro de 2010


"... Sinto falta dos recadinhos românticos, das ligações inesperadas que surpreendiam e que faziam bem ao coração....

... sinto falta do carinho nas atitudes..... "

Sabe, eu pensava que quando encontrasse o homem perfeito, depois de todas essas cicatrizes, eu não sofreria mais por amor, afinal ele só me faria bem. Mas foi um erro pensar assim, porque você me faz tão bem que eu não consigo ser boa o suficiente pra você e isso me faz sofrer tanto quanto eu sofri por aqueles que não eram bons o suficiente pra mim.

☼Amanda Telles

... porque eu não quis mais esperar você chegar, me abraçar apertado. Não quis esperar poder deitar minha cabeça no seu ombro e beber o silêncio que só você compreende. Não pude mais esperar te encontrar. Eu só não pude mais... Porque cansei de adiar felicidade na minha vida, e você estava distante demais.

- Devíamos ter mais opções de escolha. - Como assim? - Escolher de quem gostar, por exemplo... - Isso não dá. - E se desse, o que você faria? - Ainda assim escolheria você.


Cáh Morandi

Depois de tantas tentativas frustradas de tentar te esquecer, você ainda causa as mesmas porcarias em mim.
Eu te odeio tanto por isso.

Não tenha medo de se magoar.. tenha medo é de não saber aproveitar a intensidade das coisas. apenas viva, não sofra por antecedência.

domingo, 5 de setembro de 2010


Livrar-se de uma lembrança é um processo lento, impossível de programar. Ninguém consegue tirar alguém da cabeça na hora que quer, e às vezes a única solução é inverter o jogo: em vez de tentar não pensar na pessoa, esgotar a dor. Permitir-se recordar, chorar, ter saudade. Um dia a ferida cicatriza e você, de tão acostumada com ela, acaba por esquecê-la.

Martha Medeiros

Eu estava tão preocupada em não deixar você ir que eu não precebi que você não estava mais aqui, quando eu fui ver eu já tinha perdido o que eu queria ter para sempre. Já era tarde demais para lutar, você já tinha partido e eu aqui do jeito que eu temia... Sem você.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010


Dificil não é lutar por aquilo que se quer,e sim desistir daquilo que se mais ama. Eu desisti….mas não pense que foi por não ter coragem de lutar, e sim por não ter mais condições de sofrer.

Isso eh uma grande verdade...bem para mim!!!!


Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra. O outro tem o direito de não te querer. Não lute, não ligue, não dê pití.
Se a pessoa tá com dúvida, problema dela, cabe a você esperar ou não.

Eu estava precisando de um tempo do mundo. Me fechar um pouco dentro do meu quarto, aquele bem escuro que existe dentro de mim, e tapar um pouco os meus ouvidos pra todos os barulhos externos que andavam me ensurdecendo. Eu estava precisando de uma folga de tudo pra eu poder ser eu mesma, mesmo que isso significasse não ser tão boa em tudo como todo mundo julgava que eu devesse ser. Precisava fechar os olhos e chorar, sabe? Mas não um choro com lágrimas que corressem fora dos meus olhos, não. Eu precisava me chorar um pouco, chorar fundo, me rezar, me acalmar sozinha, me olhar melhor porque eu andava tão perdida dentro de mim. Eu estava com mais medo do que qualquer um poderia supor, ninguém suporia por fora, porque por fora ainda era só o belo...

☼Rani G.

(...)
" É como um band-aid velho que nós insistimos em deixar na nossa pele
com medo da dor de arrancá-lo.
Incomodando e repuxando.
O band-aid tampava a ferida,
mas não fazia com ela cicatrizasse,
não fazia com que ela melhorasse.
Você precisa escolher:
a dor de arrancá-lo ou a dor de permanecer com ele."

"De hoje em diante vou modificar O meu modo de vida
Naquele instante em que você partiu Destruiu nosso amor
Agora não vou mais chorar Cansei de esperar, de esperar enfim E pra começar eu só vou gostar De quem gosta de mim..." Caetano

....tô assim me ocupando ao máximo que posso, pra ver se não sobra tempo, nem energia nenhuma em meu corpo para pensar em você....

o que virá para mim amanhã, também não sei depois de tanta loucura, tantas fugas, precipitações, depois de tanto amor, tanta doçura, explosão o que virá, virá se ficar, que não seja em vão que não seja mais um erro que não seja mero atraso embora tudo que venha fique nem que se modifique, que ao vir logo vire recordação... (Cáh Morandi)

A lonjura mais difícil de ser encurtada é quando duas vidas desaprendem o diálogo que inclui o coração.

____Ana Jácomo

E nem eu imaginava, e nem eu imaginava, que aquela brincadeira tonta fosse se transformar nesse sentimento tão forte, que de uma hora pra outra, acaba comigo..
Mas que ao mesmo tempo, me faz a pessoa mais feliz desse mundo.!