Páginas

domingo, 28 de dezembro de 2014


Sou possessiva. Completamente. De certa forma, creio que essa característica tenha me ajudado a ser quem sou, mas ela é burra no que se refere ao amor. Eu quero que o outro - qualquer um, qualquer um, qualquer um mesmo, quando esse um está disfarçado em nomes próprios - tenha a noção de como seria incrível viver aquele minuto um pouco a mais comigo. Os meu desejos, os meus prazeres, os meus segredos, as minhas taras, as minhas reticências (…). Mas a minha maior burrice é não perceber que não ter esses momentos não significa que nada disso exista. E existir é o melhor que tenho a fazer, ponto. Posso estar bem comigo mesma.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

“Já amei antes. Amar é como uma droga. No começo vem a sensação de euforia, de total entrega. Depois, no dia seguinte, você quer mais. Ainda não se viciou, mas gostou da sensação, e acha que pode mante-la sob controle. Pensa na pessoa amada durante dois minutos e esquece por três horas. “Mas aos poucos, você se acostuma com aquela pessoa, e passa a depender completamente dela. Então pensa por três horas, e esquece por dois minutos. Se ela não esta perto, você experimenta as mesmas sensações que os viciados têm quando não conseguem a droga. Neste momento, assim como os viciados roubam e se humilham para conseguir o que precisam, você esta disposto a fazer qualquer coisa pelo amor.”

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

.. Bem vindo dezembro

Que seus sorrisos pesem mais do que as lágrimas. Que você tropece em milhares de sonhos prontos para serem realizados. Que seus olhos sempre encontrem motivos pra brilhar. E que Deus afaste de você as más pessoas e suas más intenções. Que nada te roube a leveza, a doçura, o querer bem. Que sua inspiração jamais acabe. E que a vida te jogue na cara mil motivos pra ser feliz.

“Que Dezembro o mês do bom velhinho, venha com bons ventos, que nos traga sorte e paz, que não nos deixe desanimados, por favor. Só por um mês, faça tudo dar certo, depois veremos o que fazer em Janeiro.”


domingo, 30 de novembro de 2014


“Eu sou sim a pessoa que some, que surta, que vai embora, que aparece do nada, que fica porque quer, que odeia a falta de oxigênio das obrigações, que encurta uma conversa besta, que estende um bom drama, que diz o que ninguém espera e salva uma noite, que estraga uma semana só pelo prazer de ser má e tirar as correntes da cobrança do meu peito.

Que acha todo mundo meio feio, meio bobo, meio burro, meio perdido, meio sem alma, meio de plástico, meia bomba.

E espera impaciente ser salva por uma metade meio interessante que me tire finalmente essa sensação de perna manca quando ando sozinha por aí, maldizendo a tudo e a todos.

Eu só queria ser legal, ser boa, ser leve. Mas dá realmente pra ser assim?

sábado, 1 de novembro de 2014

Bem vindo Novembro ...

Que venha Novembro, que ele seja lindo, pois quero novos ares, novas coisas, novos sorrisos, eu quero mais, eu quero tudo, eu quero e vou vencer... amo ver o brilho de um sorriso dos que amo, amo inventar um mundo só meu, sou estranha... não sou apenas eu, tentando novamente ser feliz, tentando me renovar dia após dia, sei que conseguirei e romperei todos meus medos, porque agora aprendi que nunca devo desistir... Jamais desistir, então mais uma vez... seja bem-vindo novembro! com a esperança que nunca morre e com a fé que se renova a cada manhã diante da presença de Deus. Seja bem-vindo novembro, com o fôlego de vida, com a justiça, a bonança, com o verde e todas as outras cores, nos traga o que outubro nos levou e nada nos acrescentou, e nos preencha com a força do amor, enfim... ME SURPREENDA! bem vindo seu lindo!!!


sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Feliz dia das BruxaS

DOCES OU TRAVESSURAS??? 


sábado, 18 de outubro de 2014


Eu me sinto às vezes tão frágil, queria me debruçar em alguém, em alguma coisa. Alguma segurança. Invento historinhas para mim mesmo, o tempo todo, me conformo, me dou força. Mas a sensação de estar sozinho não me larga. Algumas paranoias, mas nada de grave. O que incomoda é esta fragilidade, essa aceitação, esse contentar-se com quase nada. Estou todo sensível, as coisas me comovem.


domingo, 12 de outubro de 2014


Acorde. Levante-se dessa cama, abra as cortinas e olhe que dia lindo está lá fora. Não deixe o medo te impedir de seguir em frente. Se cair uma vez, levante-se duas. Você é mais forte do que imagina. Você é capaz de fazer com que seus sonhos se realizem. Não se apaixone por palavras vazias vindo de um rostinho bonito, se encante por atitudes sinceras vindas de pessoas maravilhosas. Se você for esperto, saberá encarar de frente as armadilhas da vida. Não se iluda com pessoas, amores. Não se iluda pois a vida não passa de uma fantasia na qual você pode ser quem você quiser é só uma questão de capacidade. Nunca é tarde para recomeçar, para correr atrás dos seus sonhos. Nunca desistir, essa é a regra. Ser feliz a qualquer custo. Não se prenda a erros do passado, até porque foram esses erros que te fizeram amadurecer. Viva intensamente cada minuto da sua vida e pare de se importar com pouca coisa. Lembre-se que possuímos apenas uma vida, então corre, vai curtir a vida com seus amigos, se divirta e esqueça por apenas um minuto os seus problemas, pois o tempo não vai parar por você.

domingo, 5 de outubro de 2014

“Eu só quero que você entenda…às vezes eu fico quieta, mas não estou braba. Só estou quieta, tenho os meus momentos, gosto da minha própria solidão. Nem sempre o que eu digo é verdade, mas eu nunca minto para você. A tpm não é a culpada, meu humor não é o culpado, em algumas ocasiões o culpado é você. Eu só quero que você entenda que eu te mando embora querendo que você fique. Penso em não te querer mais sonhando em como te ter mais um pouco. Fico com raiva de você e isso passa. Quero mais carinho e isso me cansa. Penso que você é um ser inatingível, um ser que vive num mundo fechado a mil chaves e cadeados…quero que você entenda: eu gosto de demonstrações de amor, paixão, seja lá o que for. Eu só quero que você entenda que te faço tantas perguntas para me sentir segura. Tenho medo de te perder. Tenho um medo danado de você não mais me querer. Não quero que nenhum mal te aconteça, mas não sei bem como demonstrar isso, meto os pés pelas mãos e falo o que não devo. Falo sem parar, falo sem pensar. Eu só quero que você entenda que o não, às vezes, é sim. Que o sim, às vezes, é não. Que o talvez para mim não tem vez. Que acima de tudo eu te gosto demais e isso faz com que eu me torne grande e pequena e adulta e criança e confusa e certa. Eu só quero que você entenda que eu não gosto quando você vai embora. Não gosto quando você esconde o que sente. Não gosto quando você não me dá a menor bola. Não gosto quando você não gosta de esclarecer as coisas. Eu só quero que você entenda que eu sei do seu medo e da sua falta de coragem. Sei que você se esconde atrás do cansaço, do sono ou da falta de saco para certos assuntos. Sei que você inventa desculpas para você mesmo. E eu te digo: também tenho medo. Muito medo. Mas disfarço melhor do que você. Seguro a onda melhor do que você. Eu só quero que você entenda que estarei aqui para sempre. Por mais que você me mande embora. Por mais que as coisas compliquem. Por mais que o mundo acabe. Por mais que você não me ame. Se eu falo que está tudo bem, quero que você pergunte de novo. E de novo. De vez em quando eu finjo que tudo está numa boa, mas também tenho o meu lado fraco. Preciso de colo. De atenção. De mão na cabeça. De música de ninar. Eu gosto do desespero. Se eu estou triste, quero você ao lado. Se eu estou braba, quero você ao lado. Se eu estou num dia bom, quero você ao lado. Se meu dia foi péssimo, quero você ao lado. Quero o seu desespero. O meu desespero. Se eu viro as costas, quero você andando atrás. Se eu digo que não te quero mais, quero você gritando e me pedindo para te querer novamente. Nem sempre as minhas ações condizem com as minhas palavras. Me conheça. Me decifre. Me ame. Me ache. Me devore.”

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

"Olhe, tenho uma alma muito prolixa e uso poucas palavras. Sou irritável e firo facilmente. Também sou muito calmo e perdoo logo. Não esqueço nunca. Mas há poucas coisas de que eu me lembre. Sou paciente mas profundamente colérico, como a maioria dos pacientes. As pessoas nunca me irritam mesmo, certamente porque eu as perdoo de antemão. Gosto muito das pessoas por egoísmo: é que elas se parecem no fundo comigo. Nunca esqueço uma ofensa, o que é uma verdade, mas como pode ser verdade, se as ofensas saem de minha cabeça como se nunca nela tivessem entrado?"

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Seja bem vindo ... Outubro!!

' Que outubro me seja amigo, seja vento, seja abrigo. Que outubro me traga o que setembro não trouxe e que leve o que não me foi doce... ''
(Magna Oliv.)

Querido Outubro... nem preciso dizer, que és bem vindo, porém que traga consigo boas vindas, energias positivas, surpresas, proteções e acima de tudo paz a todos, sem contar que esperamos que o Sr. nos SURPREENDA, desejo a todos os meus amigos, um excelente mês de outubro, carregado de bençãos e surpresas a cada um de vocês, que tudo o que setembro não nos proporcionou, que outubro seja surpreendente.


quinta-feira, 25 de setembro de 2014


Quer saber a verdade? Estou cansada de lutar para não obter resultados, estou cansada de amar e não ser amada, estou cansada dessa porra de mundo que não deixa eu ser quem eu sou. Eu não quero que você me aceite apenas porque eu tenho vários amigos. Eu não sou mais uma Barbie nova em lojas de brinquedos. Não sou programada por mecanismo, tenho boca e posso falar, não preciso de voz artifícial. Eu sou quem eu sou; não gosta de mim e das palavras que saem da minha boca? Sinto muito se as pessoas são falsas com você e falam tudo o que você quer ouvir. E opiniões? Foda-se elas, tenha voz nesse mundo, tenha orgulho de quem você é. Não seja apenas mais uma Barbie produzida pela sociedade caótica.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Dieta

Olá, hoje faz exatamente 2 meses de dieta, não tenho postado muita coisa pois o tempo é curso, nestes 2 meses foram eliminados  quilos e estou mantendo o peso pois andei caindo em tentação e andei triste pois não perdi mais nenhuma grama... Estou com uma grande dificuldade com a alimentação a noite, chego da faculdade louca de fome e quase sempre como omelete assada kkk.
Vou ver minha medidas novamente e posto aqui... está difícil mais foco na dieta :) :)

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Bem vindo Setembro ...

''Que setembro venha com bons ventos, que me traga sorte e amor, que não me deixe sofrer, por favor..' Caio F

Seja muito bem-vindo SETEMBRO! Com toda sua beleza, cor, flores e com tudo de melhor que possa nos trazer!
Que seja um mês abençoado, acolhedor e vitorioso!
Que traga coisas boas, lindas e leves!
Que eu continue acreditando no AMOR e nas pessoas e que se vierem decepções que eu tire de letra qualquer aborrecimento que surgir..
Que eu seja motivo de alegria e orgulho para as pessoas que acreditam em mim e que eu saiba conduzir as situações que Deus coloca em meu caminho da melhor forma possível!
Que meu coração continue vibrando e acolhendo as pessoas que chegarem em minha vida e que continue cuidando e cativando as que nela permanecem e que sempre me lembre com carinho das que foram importantes mas que seguiram outros caminhos;
Que no meu coração não tenha espaço para mágoas, nem mentiras;
Que eu saiba perdoar e seja perdoada quando preciso..
Que eu tenha sabedoria e fé e que a ESPERANÇA ande sempre comigo!!
SEJA DOCE SETEMBRO

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

“Vai devagar… Pensa duas, três, quatro, quantas vezes forem necessárias pra não fazer bobagem. Cuida do teu coração, cuidado com quem você deixa entrar. Espera o tempo passar. Acredita menos… As pessoas não são tão legais quanto aparentam ser. Quem acredita menos, sofre na mesma proporção. Até quando você achar que é verdade, desconfie um pouquinho. Faz bem não se entregar totalmente logo de cara. Se arrisca mais, por você. Tenha coragem para dizer tudo que tens aí guardado. Seja forte para conseguir se manter calada perante alguns. Muda de rumo. Quando te mandarem ir por lá, vai pelo outro caminho. Ou vai apenas, pelo caminho do teu coração. Se você não aguentar mais fingir… Chore. Depois que você acabar de chorar, vai sentir-se mais leve. E então vai levantar a cabeça, lavar o rosto, pôr uma roupa bonita no corpo, um sorriso escandalosamente lindo no rosto e dizer que chega, que você vai é ser feliz. Eu sei, é assim mesmo. E vai funcionar! Não diga “nunca”, nunca. Irônico, não? Mas não diga. Porque essa vida é incrivelmente engraçada. Mais uma coisa. Você não pode ter medo que as pessoas te machuquem, viu. Porque as pessoas vão te machucar de vez em quando, até mesmo aqueles que você mais confia e admira. Não vão fazer por mal, mas somente porque são humanos. Cometemos erros ridículos com pessoas maravilhosas. Faz parte. Não esquece que cada um é cada um. Somos diferentes. Graças a Deus, somos. Vive um dia por vez, sem pressa e sem querer ser mais rápida que o tempo. E por favor, vai ser feliz, que tu ainda tem muito por viver.”

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

feliz feliz feliz

Boa noiteee amigos, muito feliz e 25 dias de dieta eu eliminei 2 quilos e 750 gramas.. estou muito feliz q não é fácil deixar de comer as coisinhas gostosas. Agora mais decidida ainda.. eliminar mais 2 quilos esses mês de agosto e ruo ao verão 2015 kkk

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Seja Bem Vindo Agosto...


Entre por favor, de mansinho como quem não quer nada, mas, comece a derramar as bênçãos do mês. Que sejam abundantes e contagiosas, que elas renovem nosso espírito, nossas forças e principalmente nossa fé! Que o novo mês seja surpreendente, que venha carregado de novidades, que seja abençoado pelo nosso Deus e acima de tudo, que inunde nossos lares de paz e alegrias e que nossos celeiros transbordem de amor.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

fome fome fome

Oiee gente, 2º dia de dieta e hoje foi dificil me deu uma fome muita grande, segurei firme, pois tenho uma meta e vou alcançar vou chegar lá, tenho que eliminar 20 quilos, vamos la pois sou forte kkkk.

quarta-feira, 16 de julho de 2014


Bom noite!!
Como prometido minha fotinho, bom vamos começara dieta, estou com a dieta que a Nutri. Luciana me deu hoje, vai ser um grande esforço nestes 20 dias sem poder comer um doce, meus exames que fiz deu tudo certo, tudo normal, que apesar de estar acima do peso a saúde está em ordem. Mais como disse foco na dieta para eliminar os primeiros 10 quilos, minha meta é 18 quilos ou 20 depende de como vai estar as coisas. Espero que vcs acompanhem esse dia-a -dia que vai sr difícil.


Não tirei minhas medidas mais o peso eh 78 quilos  para 1,70 de altura.Daqui a 20 dias vamos ver se pelo menos uns 2 quilos vão embora :)



sexta-feira, 4 de julho de 2014

Ela tem muita dúvida como todos têm. Mas nem todos sabem a beleza de saber lidar com a tristeza. Ela sabe. Ela ouve a música que seu coração pede e modela seu ritmo ao seu estado de espírito. Ela dança a coreografia de seus sentimentos, e todos podem ver. (…) Ela é mais que um sorriso tímido de canto de boca, dos que você sabe que ela soube o que você quis dizer. Ela fala com o coração e sabe que o amor, não é qualquer um que consegue ter. Ela é a sensibilidade de alguém que não entende o que veio fazer nessa vida, mas vive.

terça-feira, 1 de julho de 2014

SEJA BEM VINDO JULHO...


E que venha cheio de esperança!
Não que seja tudo fácil, que caia em nossas mãos, mas que venha carregado de algo mais... Fé naquilo que tanto esperamos que aconteça e que aconteça... Que venha flores, que venha espinhos, mas se vier, que sejam passageiros... Esperança de que tudo aconteça ou pelo menos que fiquemos na torcida para que seja tudo aquilo que sonhamos tanto e vai ser!!!

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Primeiro Passo


Bom gente ai está os exames que vou  ter que fazer antes de receber minha dieta, muito exame de sangue (vou morrer, tenho medo de tirar sangue kkkkk ). Mais vamos lá a meta eh chegar ao 60 quilos. Bom hoje estou com exatamente 77 quilos dia 14/07 que eh meu retorno colocou coloco a foto as medidas e o peso novamente e vamos lá kk :)  




Nervosa

Aii estou nervosa, é amanhã que vou encarar a nutricionista, provavelmente amanhã ela vai me dar os exames que vou ter que fazer para depois realmente me passar a dieta kk nervosa, pois minhas medidas estão grande kkk ..

Fui ... Boa noiteee

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Olá

Pois bem gente eu ando afastada do blog por motivos da faculdade que esta me deixando louca. Mais vim hoje para dizer que vou mudar um pouco o foco do blog, não tanto vou continuar postando meus momentos do momento que estou, mais neste momento quero compartilhar com vcs outra coisa, nestes últimos anos ganhei um pouco de peso, não vou dizer o qto, mais decidi de vou elimina-los, então vou tentar postar todos os dias os acontecimento desta dieta e gostaria de trocar experiências com vc amigos e amigas. Espero que vcs curtam essa inha mudancinha... beijinhooos


OBS: Vou postar fotinhos para todos  acompanharem meu progresso :)

domingo, 15 de junho de 2014



"Mas eu sou tradicional. Sou convencional, apesar de não ser normal. Se eu me corto, eu sangro. Se bato o dedo no pé da mesa, dói.

Sou uma pessoa comum. Acredito no até que a morte nos separe e também no eterno enquanto dure. Acredito que, se eu sou capaz de ser fiel, alguém mais pode ser. Acredito que eu não sou uma laranja, mas preciso da minha outra metade pra me sentir inteira.

Valorizo as pequenas atitudes, assim como condeno pequenas mancadas. Sou rancorosa, guardo por anos uma coisa que me magoou de verdade. Sei perdoar. Passo por cima dos erros pra ficar junto das pessoas que eu gosto. Tenho meus limites. O primeiro deles é meu amor-próprio.

Perdoo uma vez, porque errar é humano. Perdoo duas porque o ser humano é estúpido às vezes. Mas não posso viver perdoando porque isso seria incompetência minha.”

quarta-feira, 11 de junho de 2014

O que é sentir falta? Sentir falta, ao contrário do que dizem por aí, é diferente, muitíssimo diferente, de sentir saudades. Sentir saudades é grandioso. Uma dor enorme que rasga por dentro dias seguidos, horas infinitas, e tempo indeterminado. Sentir falta é pontual. Sentir falta é uma dor fina, dor de beliscão com unha, dor de anestesia de dentista. Sentir falta é mais específico. Sente-se falta do carinho antes de dormir, da implicância com o controle remoto, sente-se falta do jeito boboca que ele tinha de andar, se balançando todo. Sentir falta é mais egoísta, quase que material. Sentir falta do café dele, da bagunça dele, dos discos dele, do chinelo dele, sempre ali, jogado displicentemente na beira da cama. Sentir falta da camiseta velha dele que você podia usar -e que falta faz aquela camiseta- sentir falta é pequeno, mas não menos doloroso. A dor da saudade é grande. É como uma infecção generalizada. Uma gripe daquelas, uma dengue hemorrágica, uma pneumonia. A saudade não te deixa respirar. Não te permite trabalhar, te faz faltar o ar. É dor das grandes que te derruba de tal forma que, de repente, por mais que esteja sol, faz um frio de rachar na sua casa e você pode jurar que nunca - nunca - sairá de novo de dentro do seu edredom, porque suas forças acabaram ali, naquele instante, e não há mais nenhum fiapo de vontade, sequer para amarar um tênis. Isso é saudade. Por isso, saudade pode ser inventada, falta não. Saudade é contínua, falta é curta. Saudade é pó, falta é pedra. Saudade é soco no estômago, falta é puxão de cabelo.Falta é aquilo que não está ali, e que deveria estar. A falta está na rotina, nas pequenas coisas concretas do dia a dia. Ela é pontual, mas pode aparecer todos os dias. E todos os dias você sentirá a dor fina da picada de uma abelha. Lá está a dor da falta vindo de repente, ela vem e, como uma unha encravada, não te impede de trabalhar, de viver, até de se divertir. Mas avisa que está lá, latejando dentro do sapato bonito. Talvez a saudade ou a falta tenham uma cura, talvez uma se cure antes da outra, talvez nenhuma das duas tenha cura. Ambas, no entanto, te trazem a sensação da angústia. Ambas acontecem apenas quando o objeto da saudade ou da falta, parece estar ali, na beirada da sua vida. Ambas te fazem esticar o braço com força, com toda a sua força, o máximo que pode, para alcançar aquilo que já não está mais ali, que é apenas uma sombra, e é por isso que dói. Talvez essas duas dores só sumam de fato quando ele sair da beirada. Quando o desenho do rosto dele não for mais tão nítido na sua memória, quando o som da voz dele não for mais tão clara em teus ouvidos. A saudade e a falta, de formas diferentes, com dores distintas, clamam por aquilo que mais se teme. A única solução possível é a mais temida, e serve para as duas: O esquecimento.

domingo, 1 de junho de 2014

BEM VINDOO ...

Poderia fazer uma lista de coisas que gostaria de viver este mês, mas fico por um pedido simples: se for para melhor deixa vir tudo, se for para pior podes manter assim como está. encontrei o equilíbrio entre o que quero e o ter, o meu coração está agora mais calmo.

BEM VINDO JUNHO!!!



terça-feira, 27 de maio de 2014

“É muito fácil pedir, pedir, pedir. Difícil é se doar. Porque normalmente as pessoas têm a triste mania de jogar na cara. Fiz tal coisa por você. E eu por você. Daí vira aquela agressão gratuita, aquela lavagem de roupa suja, aquela coisa feia e antipática que não combina com sentimento. Mas então eu me pergunto: será que tudo combina com sentimento? Claro que não. A gente não consegue ser bom o tempo inteiro. A gente não consegue deixar de lado as mágoas e seguir em frente. Tem coisa que alfineta, cutuca, aperta. E é preciso gritar, tirar, sair desse círculo vicioso e ruim. Não é fácil. Mas também não é tão complicado assim. Basta querer. Basta sair daquele pedestal. Basta realmente se importar com o que faz. A gente pensa que é muito bacana e que faz o melhor que pode. Que bobagem. Nem sempre lutamos com força e com fé. Às vezes, a gente só deixa a vida nos levar, como se fosse um rio que leva pedaços de árvores e lixo.”

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Seja muito bem vindo, maio …


Que esse mês nos devolva possíveis sonhos roubados nos anteriores , que nos traga positividade e força pra continuar correndo atrás dos nossos sonhos, que ele nos encha de surpresas boas , que não nos falte coragem , que claro.. tenha momentos de dificuldades mais que elas sejam superadas da melhor forma possível, que ele nos traga amadurecimento e amor muito mas muito amor !
Que seja doce!



domingo, 27 de abril de 2014

Lá está ela, mais uma vez. Não sei, não vou saber, não dá pra entender como ela não se cansa disso. Sabe que tudo acontece como um jogo, se é de azar ou de sorte, não dá pra prever. Ou melhor, até se pode prever, mas ela dispensa. […] E se ela se afogar, se recupera. […] E assim, aos poucos, ela se esquece dos socos, pontapés, golpes baixos que a vida lhe deu, lhe dará. A moça – que não era Capitu, mas também tem olhos de ressaca – levanta e segue em frente.

sexta-feira, 18 de abril de 2014


“Eu não sou legal, não mesmo. Acho que sempre tenho razão e quando minhas previsões dão certo olho com a cara mais abominável do mundo, dou um sorriso irônico e falo o clássico eu-te-avisei. É que, em geral, eu tenho razão. Essa é a primeira –e mais importante – coisa que você precisa aprender a meu respeito. Não sei receber elogios, fico sem saber o que fazer, me atrapalho e acabo trocando de assunto – quando não troco as pernas e tropeço em algum canto de mim. Sorrio para disfarçar desconfortos. Se eu não gosto de você é bem provável que você tenha medo do meu olhar. E eu posso simplesmente não gostar de você de graça. Se eu gostar de você aviso de antemão que você é uma pessoa de sorte. Eu me entrego. Quem vive comigo sabe. Quem convive comigo sente. Eu amo poucos. Mas esses poucos, pode apostar, amo muito."

domingo, 30 de março de 2014


‎”Hoje em dia as pessoas se decepcionam com coisas fúteis, tratam friamente aqueles que amam, deixam um relacionamento ser tomado pelo orgulho e depois dizem que tá faltando amor no mundo. O que tá faltando não é amor, é atitude. Atitude de dizer o que sente sem medo de ser rejeitado, coragem de dar o primeiro passo e fazer a sua parte indepentemente do outro. Surpreenda. E se tudo der errado? Se… na pior das hipóteses isso acontecer, não se preocupe. Você tem uma vida inteira para tentar novamente e quantas vezes forem preciso! Se nem o que é bom dura para sempre, o que te fere há de durar menos ainda. Por isso viva insanamente, ame com intensidade e quando tudo acabar tenha orgulho de dizer ”Eu só me arrependo do que eu não fiz.”

quinta-feira, 20 de março de 2014

Boa noite amigos do blog, estou um pouco afastada por motivos de trabalho, faculdade e muito estudo ando cansada, essa vida de universitária não está sendo fácil. Mais assim que der volto a postar... Beijos e saudades de todos!! 

domingo, 2 de março de 2014

Seja bem vindo Março.


Traga as mais diversas emoções, as mais deliciosas sensações, as mais esperadas renovações.
Traga a brisa do outono mais uma vez.
Deixe que o vento leve tudo que é velho, gasto e sem energia.
Deixe o outono leve a agitação do verão e traga a brisa da tarde com a calmaria das folhas caindo.
Que Março trague força, motivação e conquistas.
Que Março inspire nossos corações e refresque nossa alma .
Que o ano comece de verdade no país do Carnaval.
Que os projetos se desenvolvam e se concretizem ao longo de todo o período.
Que Março traga a tão desejada paciência.
Que Março seja sereno, leve e suave como o outono.

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Tomara que a gente não desista de ser quem é, por nada nem ninguém deste mundo. Que reconheça o poder do outro sem esquecer do nosso. Que as mentiras alheias não confundam as nossas verdades… Que mesmo quando estivermos doendo, não percamos nem o sonho, a idéia da alegria. Tomara que apesar dos apesares, a gente continue tendo valentia suficiente para não abrir mão de se sentir feliz.


quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Escrevo isso e choro. Porque quero tanto e não quero tanto. Porque se acabar morro. Porque se não acabar morro. Porque sempre levo um susto quando te vejo e me pergunto como é que fiquei todos esses anos sem te ver. Porque você me entedia e dai eu desvio o rosto um segundo e já não aguento de saudade. E descubro que não é tédio mas sim cansaço porque amar é uma maratona no sol e sem água. E ainda assim, é a única sombra e água fresca que existe. Mas e se no primeiro passo eu me quebrar inteira? E se eu forçar e acabar pra sempre sem conseguir andar de novo? Eu tenho medo que você seja um caminhão de luz que me esmague e me cegue na frente de todo mundo. Eu tenho medo de ser um saquinho frágil de bolinhas de gude e de você me abrir. E minhas bolhinhas correrem cada uma para um canto do mundo. E entrarem pelas valetas do universo. E eu nunca mais conseguir me juntar do jeito que sou agora. Eu tenho medo de você abrir o espartilho superficial que aperto todos os dias para me manter ereta, firme e irônica. Minha angústia particular que me faz parecer segura. Eu tenho medo de você melhorar minha vida de um jeito que eu nunca mais possa me ajeitar, confortável, em minhas reclamações. Eu tenho medo da minha cabeça rolar, dos meus braços se desprenderem, do meu estômago sair pelos olhos. Eu tenho medo de deixar de ser filha, de deixar de ser amiga, de deixar de ser menina, de deixar de ser estranha, de deixar de ser sozinha, de deixar de ser triste, de deixar de ser cínica. Eu tenho muito medo de deixar de ser.

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Eu achei que estava bem. Que eu havia conseguido recuperar um pouco da minha força. Achei que podia levantar e continuar. Eu estava errada. Ainda estava fraca demais. Tanto que coisas bobas me machucaram. Tudo me atingia, tudo me feria, tudo me magoava. Eu ainda estava vulnerável. Mas como sempre, a mania de dizer que tudo estava bem foi a solução. Mentia todos os dias.Acharam que eu tinha superado. Eu gostei disso. De ver aqueles que amo felizes por mim. Mesmo que era uma felicidade baseada numa mentira. Eles não precisavam saber que era falso. Só eu sabia. Isso estava matando só a mim. Melhor assim. Não me importava comigo mesma, e pensando bem, ainda não me importo. Era fácil, sabe. Fingir que tinha sobrevivido. Fingir que, por dentro, eu não estava morta. Quem é que precisava saber que eu passava a noite chorando baixinho ? Quem precisava saber que estava doendo ? Quem precisava saber que eu estava desistindo ? Ninguém. E, sozinha novamente, eu fui lutando contra tudo que me fazia mal. Mas quanto mais eu lutava mais fraca eu ficava. Tudo bem, eu tentei, e o que vale é a intenção. Mas no final eu desisti. Era melhor pra mim. Desisti de mim mesma. Deixei as coisas como estavam. Resolvi aceitar que ia ser sempre assim. Aceitar que eu não ia ficar bem realmente. Aceitar que eu ia ter que continuar mentindo, pra deixar todos que eu amava felizes. Aceitar que eu nunca voltaria a ser como eu fui um dia. Resolvi aceitar que meu suicídio havia começado de dentro pra fora.

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Semeie

“A vida é fruto da decisão de cada momento. Talvez seja por isso, que a ideia de plantio seja tão reveladora sobre a arte de viver.
Viver é plantar. É atitude de constante semeadura, de deixar cair na terra de nossa existência as mais diversas formas de sementes”


sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014


quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014


Aos poucos eu percebi que se apaixonar é inevitável, e que as melhores provas de amor são as mais simples. Um dia percebemos que o comum não nos atrai, e que ser classificado como bonzinho não é bom. Um dia percebemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você. Um dia saberemos a importância da frase: “Você se torna eternamente responsável por aquilo que cativa”. Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, e que não damos valor a isso! Que homem de verdade não é aquele que tem mil mulheres, mas aquele que consegue fazer uma única mulher feliz! Enfim… um dia descobrimos que apesar de viver quase um século, esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos, para beijarmos todas as bocas que nos atraem, para dizer tudo o que tem de ser dito. O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutamos para realizar todas as nossas loucuras!