Páginas

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Todo mundo diz que o amor dói, mas isso não é verdade. A solidão dói. Rejeição dói. Perder alguém dói. Inveja dói. Não ter alguém que te ama dói. O amor é uma coisa confusa, mas na realidade o amor é a única coisa neste mundo que acaba com toda a dor e faz alguém se sentir bem novamente. O amor é a única coisa neste mundo que não faz mal.

domingo, 28 de abril de 2013


"Só agora percebo o quanto eu fui idiota tentando te afastar. Só agora eu me dei conta do quanto você é importante pra mim. E me arrependo do tempo que gastei tentando te afastar de mim. Peço-te desculpas, mas na hora, me pareceu o certo a se fazer. A verdade é que não consigo raciocinar direito quando estou com raiva. E como você sabe, a minha raiva não some tão fácil assim, não mesmo. Mas agora que a poeira abaixou eu te peço mais um vez, desculpa-me. Por cobrar muito de você, por exigir muito. Mas é que essa coisa de sentir é nova pra mim. Eu sempre dou um jeito de escapar. Mas dessa vez foi apenas mais uma tentativa frustada. Eu, um polo negativo, sempre sou atraído até você, meu polo positivo."
— Querido John



quinta-feira, 25 de abril de 2013

Às vezes me lembro dele. Sem rancor, sem saudade, sem tristeza, Sem nenhum sentimento especial a não ser a certeza de que, afinal, o tempo passou. Nunca mais o vi, depois que foi embora. Nunca nos escrevemos. Não havia mesmo o que dizer. Ou havia? Ah, como não sei responder às minhas próprias perguntas! É possível que, no fundo, sempre restem algumas coisas para serem ditas. É possível também que o afastamento total só aconteça quando não mais restam essas coisas e a gente continua a buscar, a investigar - e principalmente a fingir. Fingir que encontra. Acho que, se tornasse a vê-lo, custaria a reconhecê-lo.


terça-feira, 23 de abril de 2013

Acho que quando queremos seguir de verdade com a vida, devemos largar ao máximo possível do nosso passado. Nos afastar de tudo que nos traga lembranças, lembranças ruins, e que hoje só fazem nos machucar. E é isso mesmo que devo fazer, deixar o meu passado de lado e começar de novo. Vou tratar de fazer isso agora, pois amanha já pode ser tarde demais.

quarta-feira, 10 de abril de 2013

“Tudo que vai volta. Essa é a lei universal da vida. Se damos um abraço, receberemos um abraço. Se fazemos alguém feliz, um dia uma pessoa nos tirará gargalhadas. Porém nem sempre a vida é justa, não é mesmo? As vezes damos amor, mas não o recebemos de volta. As vezes recebemos uma bofetada, e temos que revidar com a outra face: dando um pouco de carinho. A vida é um eco. Um espelho, que as vezes funciona de forma incoerente, desalinhado, desajustado, desconfigurado.”

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Seja bem vindo Abril