Páginas

domingo, 25 de dezembro de 2016

Feliz Natal


Desejo a todos meus AMIGOS, um Natal repleto de Felicidades, de Amor e Paz.
Que todos nós tenhamos a consciência que o rancor, o ódio, e outros sentimentos mesquinhos a nada levam, apenas corrompem nossa alma.
Que tenhamos a Paz de Espírito para o discernimento correto de que estamos fazendo aquilo que é justo e correto para nós e nossos semelhantes.
Que tenhamos o prazer de ser útil a alguém. E que o novíssimo ano 2017, seja um ano de muitas transformações e realizações para todos, não só no campo material, mas principalmente em nossa alma, em nosso "eu" interior.
Desejo que todos tenham o que for justo, belo, sereno e louvável ao olhos do criador.
Que neste Natal os anjos desçam do céu e iluminem o seu sorriso para que ele se torne tão sincero quanto o sorriso de uma criança.
E que você transmita a paz e o amor a todos aqueles
que se aproximarem de você.
Feliz Natal !!!

domingo, 18 de dezembro de 2016

E dai se eu falei groselha. E dai se me declarei pra alguém que to afim. E dai se eu bebi demais e subi no palquinho da balada. E dai se eu quis ir na festa mais importante do ano com a roupa mais feia do mundo. E dai se eu tentei uma vida nova e quebrei a cara. Pelo menos eu fiz o que queria. E tudo bem. Não é uma tatuagem na testa, não matei, nem roubei, só fiz merda. E a merda faz parte, porque não existiria assunto se ela não tivesse ali. Ou existiria, só 20% do que a gente fala, e depois teríamos que dormir, porque a parte mais legal de contar os foras e mancadas, não ia existir. Então não me critique por mais uma besteira, chega de colocar regra em tudo. O que pode, o que não pode, o que falei a mais, o sms que não deveria ter mandado, a atitude que deveria ter tomado e o conselho que deveria ter ouvido. Quem falou que eu quero fazer tudo certo? Errar é o novo acertar. E se eu quebrar a cara de novo, vou correr atrás do tempo perdido, vou tentar mais uma vez, aprender algo que não sabia, inventar uma nova função. Mas pelo menos eu fiz o que quis. E a vida é minha, então não venha me dizer o que fazer com ela..


quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Bem vindo Dezembro


Vem dezembro, vem manso, toca teus sinos em sintonia com o pulsar dos corações enfastiados, faz dessa melodia um acalento a quem pouco ou nada crê na vida, renova a esperança em quem espera um dia ‘o milagre’ acontecer. Seja esse milagre! Que o Natal seja mais que uma troca de presentes e comida farta, mais que um bom e esquecido velhinho descendo pela chaminé, que seja fé. Somente fé. Seja muito bem-vindo, senhor Dezembro! Pode entrar, a porta está aberta!