Páginas

terça-feira, 25 de maio de 2010


"Não sinto raiva, não sinto nada.
Sinto saudade, de vez em quando.
Quando penso que podia ter sido diferente..."

Nenhum comentário: