Páginas

terça-feira, 20 de abril de 2010



" Eu quero um amor pra viver os dias todos:
os muito quentes com gelo e limão, os muitos frios de pijama, chocolate e roupão.
Eu quero um amor que faça da gente uma casa um para o outro,
que nos torne reciprocamente refúgios contra todo o resto do mundo,
um amor de surpresas boas, de confiança, de sofreguidão e de calmaria...
...um amor para enfrentar tudo e todos sempre juntos,
com a certeza de que ainda que não sobrasse nada,
sobraríamos nós,
um pra ser o amor do outro."

Nenhum comentário: