Páginas

sexta-feira, 16 de abril de 2010

com medo de te dizer
Mas aquilo que eu sentia por você ainda existe
Eu ainda te amo
Só não sei ainda como lhe falar
Talvez palavras não sejam o suficiente
Mas se você olhar, verá

Nenhum comentário: