Páginas

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

O ano termina e nasce outra vez...

Em 2010 brinque de ser criança. O tempo todo, todo tempo. Não ligue para platéias, seja você mesmo, seja quem você quer ser: princesa, rei, palhaço, super-herói, cavalo branco... Faça coisas que nunca fez, mas que sempre teve vontade de fazer. Não viva o "depois", o "amanhã eu faço". Viva o aqui, o agora! Aproveite cada segundo do dia, faça seus dias renderem muito, muito mais!

Em 2010, dê abraços. Não mande abraços. Abraços virtuais não tem o calor de um abraço de verdade. Dê abraços de ursos, upas bem apertados, daqueles de quebrar as costelas. Abrace sempre que tiver vontade e quem você quiser. Mostre que você se importa com as pessoas!

Em 2010 cante, ria, dance, pule. Pule bem alto! O mais alto que puderes, pois assim, quando estiveres caindo, terás a sensação de estar voando. Voe! Voe alto! Ponha seus sonhos nas alturas. Desfrute a sensação de estar livre, ria com o vento em seu cabelo, usufrua das borboletas em seu estômago e viva tudo outra vez.

Em 2010 arrisque-se. Entregue-se! Não tenha medo de falhar, de se    arrepender. Arrependa-se somente do "não feito". Proporcione-se momentos únicos e inesquecíveis. Mergulhe de cabeça e abra os olhos. Veja coisas que jamais imaginou poder ver, vá a lugares que jamais pensou existir e conheça pessoas. Várias delas.

Em 2010, viva! Aconteça! Não passe em branco, não seja    coadjuvante e não deixe a vida passar. Tenha histórias boas para contar, histórias para dar risadas, histórias para não esquecer. Torne o ano de 2010 inesquecível. O Ano Novo, sempre vem. O FELIZ, acontece por conta sua!

Nenhum comentário: