Páginas

sábado, 19 de junho de 2010


Gostar de alguém é a mais difícil das conquistas...
Difícil, porque gostar de verdade é muito raro...
Necessita de preocupação, de química, lágrimas, brisa ou encantamento...
Sexo, envolvimento e até paixão, é fácil... Mas gostar mesmo, é muito difícil...

Para gostar de alguém não precisamos que este seja o mais bonito ou o mais sexy, mas ser apenas aquele a quem se quer proteger e que quando se chega ao seu lado nos sintamos encantados, estando ele bem ou deprimido...
Gostar é fazer pactos com a felicidade mesmo que esporádica, escondida, fugidia ou impossível de durar...
Quem gosta, sabe do valor da mão dada num gesto repentino, apenas porque deu vontade, de um carinho na face, do abraço apertado, da vontade de comprar e oferecer um perfume, do mimo, de poesia lida bem devagar, do sorriso que quer aparecer quando o outro chega, do brilho do olhar ou o olhar cúmplice sem palavras...

Saber gostar é também exagerar...
Saber gostar é enlouquecer aquele pouquinho necessário para fazer a vida parar e de repente parecer que faz sentido...

Nenhum comentário: